blogue do mês :: blog of the month
publicidade :: ads

subscrever feeds
Destaques :: Top Stories

Projecto de execução de quatro novas centralidades no município de Benavente
Detail Design of four new centralities in the municipality of Benavente underway
#260

Em preparação diversas propostas para Estratégias Locais de Habitação
Several proposals for Local Housing Strategies underway
#300

Constituição da Frente Técnica Anti-Despejos
Anti-Evictions Technical Front constitution
#295

Projecto para a reabilitação da Casa dos Guardas na Herdade da Contenda
Building renovation of "Casa dos Guardas" at Herdade da Contenda
#229

A reabilitação do Salão Central Eborense em Évora está prestes a entrar em obra
"Salão Central Eborense" renovation in Évora is about to start construction
#230

O ateliermob desenvolve as propostas apresentadas pelos cidadãos para a cidade de Aveiro no âmbito do programa Viva a Cidade Aveiro
Ateliermob is developing proposals presented by the people for Aveiro within the scope of "Viva a Cidade Aveiro"
#284

Trabalhar com os 99% Crl e Ateliermob estão a terminar a assessoria ao fundo gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian na reabilitação das áreas ardidas em Portugal terminando todos os projectos e construção em 19 meses
Working with the 99% and ateliermob are finishing the consultancy to the fund managed by Fundação Calouste Gulbenkian for the reconstruction of the burned areas by the fires occured in Portugal finishing all the projects and construction in 19 months
#278

Projecto para a reabilitação urbana do Alto do Seixalinho entregue em Maio de 2019
Urban renovation of Alto do Seixalinho project applied on May 2019
#258

ateliermob projecta a reconversão de 5 escolas no concelho de Tomar em habitação municipal
ateliermob is designing the reconversation of 5 former basic schools at Tomar in to public housing
#222
pub | ads



tags

# 004 (a)

# 004 (b)

# 009

# 025

# 028

# 030

# 033

# 040

# 050

# 059

# 061

# 068

# 074

# 078

# 094

# 118

# 123

# 151

# 152

# 155

# 156

# 169

# 170

# 174

# 180

# 189

# 194

# 202

# 204

# 213

# 237

# 264

# 278

ateliermob at ...

blogue do mês | blog of the month

blogue | blog

conferências online | online lectures

design

divulgação | release

emprego | job

jovens arquitectos portugueses | young p

kidsmob

livros | books

música | music

notícia | news

novos arquitectos | new architects

prémios | awards

reflexões | thoughts

video

working with the 99%

todas as tags

arquivos :: archives

Dezembro 2019

Novembro 2019

Outubro 2019

Setembro 2019

Agosto 2019

Julho 2019

Junho 2019

Maio 2019

Abril 2019

Março 2019

Fevereiro 2019

Janeiro 2019

Dezembro 2018

Novembro 2018

Outubro 2018

Setembro 2018

Agosto 2018

Julho 2018

Junho 2018

Maio 2018

Abril 2018

Março 2018

Fevereiro 2018

Janeiro 2018

Dezembro 2017

Novembro 2017

Outubro 2017

Setembro 2017

Agosto 2017

Julho 2017

Junho 2017

Maio 2017

Abril 2017

Março 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2017

Dezembro 2016

Novembro 2016

Outubro 2016

Setembro 2016

Agosto 2016

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

ajudas | support


Sábado, 16 de Novembro de 2019
ateliermob, às 08:07 | comentar :: comment | 2019.11.16

 

Captura de ecrã 2019-11-16, às 08.30.26.png

 

 

Hoje, no Expresso, a Carta Aberta que dirigimos à Presidente da Câmara Municipal de Almada sobre o Bairro das Terras da Costa depois de dois anos a tentar chegar à fala com o município e sem percebermos, nós e moradores, quais são as suas intenções para aquele território.


*************************************************************************

Carta Aberta à Sra. Presidente da Câmara Municipal de Almada,

 

Exma. Sra. Presidente,
Somos uma plataforma de técnicos – arquitectos, urbanistas e cientistas sociais - que tem vindo a trabalhar desde 2012 no Bairro das Terras da Costa. Este é um bairro informal no qual habitavam perto de 300 pessoas, sem água e sem luz, com casas em condições indignas. A sua população é caracterizável pela sua juventude. Cerca de 45% tem idade inferior a 18 anos.

Ao longo destes anos conseguiu-se contrariar a invisibilidade deste bairro. Com o apoio do município e da Fundação Calouste Gulbenkian foi construída uma Cozinha Comunitária (que foi considerada uma boa prática por diversas organizações nacionais e internacionais e o Prémio Archdaily de Edifício Público do Ano de 2016). A Cozinha permitiu criar pontos de água no centro do bairro, anteriormente a 1 km, e trouxe uma nova esperança às pessoas que habitam o bairro. Em 2014 era tido como um caso de sucesso de desenvolvimento de trabalho comunitário em todo o país em que comunidades ciganas, africanas e afro-descendentes se organizavam numa única comissão de bairro e eram tidas e ouvidas em tudo o que dizia respeito ao seu bairro. Também em 2014, o município anunciou o início de um processo de realojamento a ser realizado de uma forma participada e articulado entre a autarquia, os moradores e com o nosso apoio técnico. Até 2016 conseguiu-se realizar um trabalho continuado, em várias vertentes, que até permitiu que uma parte do bairro fosse demolido de uma forma tranquila e as famílias temporariamente dispersas, tendo-lhes sido garantido que continuariam a participar no processo e assegurado o seu regresso à Costa da Caparica para o novo bairro a ser construído. Com aprovação de todas as forças políticas, a Assembleia Municipal de Almada entendeu efectuar uma saudação pública ao trabalho desenvolvido, publicado no Edital 496/XI-3.º/2015/2016 de 26 de fevereiro de 2016, nos seguintes termos:

1. Saudar o ateliermob e o Colectivo Warehouse pelo reconhecimento do projeto ‘Cozinha Comunitária das Terras da Costa’ e pela atribuição do prémio de Edifício do Ano de 2016 na categoria ‘Public Architecture’ pela plataforma ArchDaily.

 

2. Saudar a Associação de Moradores das Terras da Costa e, por seu intermédio, todos os moradores do Bairro das Terras da Costa, pelo trabalho, luta e intervenção permanentes por melhores condições de vida.

 

3. Saudar a Câmara Municipal de Almada pelo apoio à construção da Cozinha Comunitária das Terras da Costa, pela intervenção e diligências realizadas para a sua concretização, e pela resposta a algumas das necessidades mais prementes da população residente.

 

4. Manifestar o apoio à Câmara Municipal de Almada na concretização de um processo de realojamento construído com os moradores, passível de assegurar aos mesmos, na Costa da Caparica, uma habitação digna e de qualidade, por intermédio de um processo que aponte a uma melhoria da situação social e económica da população residente no Bairro das Terras da Costa.

Nos primeiros anos deste processo sempre se sentiu um profundo desinteresse do governo e do IHRU em participar nesta operação. A nomeação da Arq. Ana Pinho para a Secretária de Estado da Habitação e a publicação da Nova Geração de Políticas de Habitação, criou as condições para que também o Estado central pudesse participar neste processo e esta comunidade tinha todas as condições para ser um exemplo referencial de boa implementação do programa 1º Direito.

Contemporaneamente, em 2017, um grupo de técnicas com o apoio da CMA e da então constituída Associação de Moradores, conseguiu formalizar um contrato entre a EDP e a Associação que permitiu a chegada de electricidade a todas as casas do bairro. A única forma de contratualização admitida pela EDP era a de um contrato de obras, a ser renovado anualmente, mas com custos elevadíssimos o que faz com que as casas das Terras da Costa paguem a energia mais cara do país - ainda que a maioria dos agregados tenha direito à tarifa social. Mais, o pagamento da conta deve ser feita de forma conjunta, estando cada família cumpridora dependente de que todos os moradores paguem a sua conta em tempo útil. Como imaginará, seja nas Terras da Costa seja num condomínio na Quinta da Marinha, este sistema cria um ambiente de desconfiança terrível entre vizinhos sendo insustentável a médio prazo.

Depois de estar garantido o seu acesso à electricidade, dirigimo-nos à Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território, Descentralização, Poder Local e Habitação no sentido de ser legislada a obrigação da EDP poder fornecer energia individual a cada uma das casas em bairros deste tipo. Iniciativa do qual resultou a Resolução da Assembleia da República n.º 151/2017, de 17 de Julho, que recomendou ao Governo a adoção de medidas para assegurar o acesso dos habitantes de bairros ou núcleos de habitações precárias a serviços e bens essenciais, em particular aquelas que permitam assegurar a prestação do serviço público eletricidade e o DL n.º 36/2018 de 22 de Maio que aprova um regime extraordinário relativo ao abastecimento provisório de energia elétrica a fogos integrados em núcleos de habitações precárias. Um ano passado, é-nos difícil entender porque é que a CMA se demitiu de orientar este processo.

Esta comunicação assume o carácter de uma carta aberta pois desde que este executivo foi eleito, e apesar de termos tentado vários contactos com a Sra. Presidente e a Sra. Vereadora com o pelouro, ainda não conseguiram encontrar tempo para nos receber e, pelo menos, tomar conhecimento do trabalho que já foi realizado no que diz respeito ao realojamento.
Esta comunicação assume particular urgência porque a última informação verbalizada pelo novo director municipal foi a de que já existiria uma solução de dispersão daquelas famílias pelas várias habitações municipais e que estaria expressa na Estratégia Local de Habitação entregue ao IHRU. Ora este procedimento vai totalmente contra os princípios estabelecidos para a elaboração das ELH, no qual a participação é fundamental. Nessa medida, nem os moradores nem os actores locais em que nos colocamos, foram, sequer chamados a conhecer o que a CMA decidiu para as pessoas.

Ainda que reconheçamos todo o direito da CMA em ter uma abordagem diferente na sua relação com bairros como o das Terras da Costa não podemos deixar de lamentar que em nenhum momento se tenha preocupado em ouvir os moradores e quem lá trabalha, continuadamente, há sete anos.

Manifestamo-lo hoje, pela primeira vez e de uma forma pública depois de o termos tentados por diversas formas fazer chegar ao município, esperando sinceramente que esta carta motive um reequacionar dos procedimentos com que está a ser elaborada a ELH e na forma como o município se está a relacionar com os moradores e actores do território.

 

 

Ateliermob
Colectivo Warehouse

 

 



Destaques :: Top Stories

Projecto de execução de quatro novas centralidades no município de Benavente
Detail Design of four new centralities in the municipality of Benavente underway
#260

Em preparação diversas propostas para Estratégias Locais de Habitação
Several proposals for Local Housing Strategies underway
#300

Constituição da Frente Técnica Anti-Despejos
Anti-Evictions Technical Front constitution
#295

Projecto para a reabilitação da Casa dos Guardas na Herdade da Contenda
Building renovation of "Casa dos Guardas" at Herdade da Contenda
#229

A reabilitação do Salão Central Eborense em Évora está prestes a entrar em obra
"Salão Central Eborense" renovation in Évora is about to start construction
#230

O ateliermob desenvolve as propostas apresentadas pelos cidadãos para a cidade de Aveiro no âmbito do programa Viva a Cidade Aveiro
Ateliermob is developing proposals presented by the people for Aveiro within the scope of "Viva a Cidade Aveiro"
#284

Trabalhar com os 99% Crl e Ateliermob estão a terminar a assessoria ao fundo gerido pela Fundação Calouste Gulbenkian na reabilitação das áreas ardidas em Portugal terminando todos os projectos e construção em 19 meses
Working with the 99% and ateliermob are finishing the consultancy to the fund managed by Fundação Calouste Gulbenkian for the reconstruction of the burned areas by the fires occured in Portugal finishing all the projects and construction in 19 months
#278

Projecto para a reabilitação urbana do Alto do Seixalinho entregue em Maio de 2019
Urban renovation of Alto do Seixalinho project applied on May 2019
#258

ateliermob projecta a reconversão de 5 escolas no concelho de Tomar em habitação municipal
ateliermob is designing the reconversation of 5 former basic schools at Tomar in to public housing
#222
ateliermob - arquitectura, design e urbanismo lda.
[PT]
Plataforma multidisciplinar de desenvolvimento de ideias, investigação e projectos nas áreas da arquitectura, paisagismo, design e urbanismo. É assim que tudo costuma começar. A partir daí trabalha-se tudo o resto. Só é impossível o que não entusiasma, o que não é criativo, o que nos afasta das pessoas.
[saber mais]

[ENG]
Ateliermob is a multidisciplinary platform which develops projects, ideas and research within architecture, landscape, design and urbanism. This is the way it usually starts. From this point, everything is worked out. The impossible is to work on the unexciting, on the uncreative, on what diverges from people needs.
[+ info]
ateliermob @ facebook
International internship program at ateliermob
ligações :: links
ateliermob: What ever happened?


+ videos
Tanto Mar


+ info
subscrever | subscribe

email para actualizações :: email for updates
By Feedburner

tags

# 004 (a)

# 004 (b)

# 009

# 025

# 028

# 030

# 033

# 040

# 050

# 059

# 061

# 068

# 074

# 078

# 094

# 118

# 123

# 151

# 152

# 155

# 156

# 169

# 170

# 174

# 180

# 189

# 194

# 202

# 204

# 213

# 237

# 264

# 278

ateliermob at ...

blogue do mês | blog of the month

blogue | blog

conferências online | online lectures

design

divulgação | release

emprego | job

jovens arquitectos portugueses | young p

kidsmob

livros | books

música | music

notícia | news

novos arquitectos | new architects

prémios | awards

reflexões | thoughts

video

working with the 99%

todas as tags