7 comentários:
De Anónimo a 4 de Abril de 2007 às 11:27
Parabens pelo projecto premiado.
Sabem a lista dos restantes premiados?!


De Anónimo a 4 de Abril de 2007 às 14:16
Já está online.


De Lourenço Ataíde Cordeiro a 4 de Abril de 2007 às 15:56
Essa imagem da Avenida da Liberdade deixou-me curioso. Planeei participar no concurso da trienal, usando uma ideia antiga, mas desisti por falta de tempo, e também porque não conseguiria explorar o que me interessava no formato do concurso. A ideia era estimar os lucros da CML (taxas, licenças, etc) com o PLANO DE ALINHAMENTO E CÉRCEAS DA AVENIDA DA REPÚBLICA, que antecipa um aumento da área de construção considerável, e aplicar esses fundos no reperfilamento radical da av. da República, e, se possível, da Fontes Pereira de Melo e da Av. da Liberdade. Não havia grandes descobertas da pólvora: apenas o aumento considerável da largura do passeio junto aos edifícios, para uma média de 10 metros, aproximadamente. Enfim, juntando isto a um pavimento permeável, a coisa deixou-me a pensar...


De AM a 5 de Abril de 2007 às 23:19
Estive para aqui a pensar no assunto (estou certo que vocês pensaram muito mais), mas, e em última análise, será que é muito "interessante" ou "útil", pensar na "diluíçao" da 2ª circular nas diversas "malhas" urbanas (e alguns bairros de lata...) com que confronta? É que a 1ª circular, ainda hoje lá está (e sim, concordo que são realidade diferentes...), e sem dramas de maior. Ao fim e ao cabo, a 2ª circular é, actualmente, um dos elementos que melhor estruturam o desenho e "a imagem da cidade".

Já quanto à substituição dos telhados pelos terraços, discordo em absoluto, mas não me vou alongar em comentários.(Recentemente passei por Coimbra e fique muito desagradado com um "edifíco-qarteirão" no centro da cidade - dá para ver no google earth - em terraço... que rebenta com a escala e a "cor" da envolvente. Uma desgraça.)

Gostei mais da "ideia" do que da "imagem" da proposta dos novos materiais. "Grelhas de enrelvamento" na Avenida, é um pouco "chocho"!


De alexNA a 6 de Abril de 2007 às 00:03
i'm very happy for ur english text! hope is coming everytime...

according to ur proposals for the competition, i agree about circulation concept and mediterranean architecture... but the example of new materials for traffic circulation in the city brings for long time to maintenance and money problems! only for city center and no traffic speces it wood be possible to use this material, otherwise asphalt it's more better for motorcycle circulation!


De oRdEp a 10 de Abril de 2007 às 03:15
Concordo absolutamente que a impermeabilização que se tem vindo a registar da cidade de Lisboa é assunto a ser pensado e resolvido. Zonas como as Avenidas Novas, ou mesmo Alvalade (em alguns pontos), com os seus logradouros pavimentados e recheados de anexos e mais anexozitos, comprometem as ideias originais destes espaços que permitem a absorção de água.

Levanto algumas reservas quanto ao material escolhido para o pavimento presente na foto da Av. da Liberdade. A manutenção de um pavimento daqueles seria algo para muitas dores de cabeça!

Parabéns! Abraços!

ps:. Aquele é o Manel, no terraço???


De Rafael a 20 de Novembro de 2007 às 13:18
Penso ter lido em tempos (já não me recordo quando e onde), que o asfalto seria algo a evitar nos centros das urbes, principalmente nas zonas históricas, por várias razões, sendo uma delas relacionada com a saúde pública (radiações cancerígenas do asfalto?)

... alguém tem elementos científicos (www) de suporte a essa tese?

... se tiverem, podem partilhar?


Comentar post