blogue do mês :: blog of the month
publicidade :: ads

subscrever feeds

|
pub | ads



tags

todas as tags

arquivos :: archives

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

ajudas | support
Site Meter



Sábado, 1 de Agosto de 2015
ateliermob, às 17:35 | comentar :: comment | 2015.08.01

Captura de tela 2015-08-01 17.36.47.png

 

[here

 

 

******************

 

PRODAC Sul ganha anfiteatro from Câmara Municipal de Lisboa on Vimeo.

Um anfiteatro ao ar livre, complementado por acessos que fazem a ligação entre as duas partes do bairro PRODAC Sul, em Marvila, integra o novo Espaço Comum do local, inaugurado, dia 30 de julho, pela Associação de Moradores do Bairro Vale Fundão Marvila e pela vereadora Paula Marques, que tutela a Habitação e o Desenvolvimento Local, na Câmara de Lisboa.

 

******************

 

 

Com:

Associação de Moradores do Bairro Vale Fundão em Marvila (PRODAC SUL)

  

 

Apoios: 

  

 


tags: , ,

Quarta-feira, 29 de Julho de 2015
ateliermob, às 15:53 | comentar :: comment | 2015.07.29

11173315_10153520806319868_1296969094804070790_n.j

 

 

[+ info]



Terça-feira, 28 de Julho de 2015
ateliermob, às 09:02 | comentar :: comment | 2015.07.28

_IMG_3109.jpg

 


tags:

Terça-feira, 14 de Julho de 2015
ateliermob, às 09:11 | comentar :: comment | 2015.07.14

d ana 02.jpg

 

[fonte]

Crime da Praia de Dona Ana não ficará impune

Apesar da oposição e dos protestos generalizados de vários sectores da sociedade, a obra de destruição da Praia de Dona Ana está prestes a ser concluída.
Para além da dragagem e descarga de várias toneladas de areia de qualidade miserável relativamente à que antes existia, as quais soterraram o mundo submarino e a paisagem marítima deste sublime trecho da Costa de Oiro, foi ainda construído um dique com 50 metros de extensão entre a arriba da zona setentrional da praia e o Leixão dos Artilheiros.
No entender da Associação Almargem, trata-se de um grave e premeditado crime ambiental que não pode ficar impune.
Assim, vai ser enviada uma queixa à Comissão Europeia contra o Estado português, para além da apresentação ao Ministério Público de uma queixa-crime contra o Ministério do Ambiente, Ordenamento do Território e Energia.
Em causa, estão claras violações de princípios e normas contidos na legislação portuguesa e comunitária, nomeadamente as seguintes:

 

1. De acordo com o Decreto-Lei n.º 151-B/2013 de 31 de Outubro, que regula os processos de AIA, a obra na Praia de Dona Ana deveria ter sido alvo de uma avaliação de impacto ambiental obrigatória, por abranger a construção de um dique com 50 metros de extensão, assim se inserindo no ponto 10-K do Anexo II desse mesmo decreto-lei, onde se incluem "obras costeiras de combate à erosão marítima tendentes a modificar a costa, como, por exemplo, diques, pontões, paredões e outras obras de defesa contra a ação do mar". Ora, essa avaliação de impacto ambiental de facto não existiu.

 

2. Embora a Praia de Dona Ana não esteja abrangida por nenhum estatuto especial de protecção, encontra-se integrada na IBA PT047 - Ponta da Piedade. As IBAs (Important Bird Areas) constituem um programa de protecção da avifauna, coordenado a nível mundial pelo Bird Life International, sendo consideradas como áreas pré-candidatas à classificação como ZPEs (Zonas de Protecção Especial), ao abrigo da Directiva das Aves. A obra na Praia de Dona Ana viola assim o Princípio da Prevenção, consignado na Constituição da República Portuguesa, pois alterou radicalmente uma área a integrar numa futura zona de protecção e conservação da natureza.

 

Neste contexto, a Associação Almargem vai elaborar uma proposta de classificação da zona da Ponta da Piedade como área protegida, a apresentar junto do ICNF, de forma a impedir intervenções semelhantes às da Praia de Dona Ana e prevenir o avanço de projectos privados como o da Quinta da Ponta da Piedade que, recentemente, decidiu já vedar uma área costeira com 8,5 hectares, vizinha da Praia de Dona Ana, e colocá-la à venda para fins imobiliários.
Finalmente, a Associação Almargem não pode deixar de lamentar profundamente que, no início da época balnear, a ABAE e a Quercus não tenham aceite o pedido de retirada à Praia de Dona Ana, respectivamente, dos galardões Bandeira Azul e Qualidade de Ouro, os quais ficarão, assim, para sempre manchados e associados ao crime que destruiu uma das praias mais bonitas do mundo.

A Direcção
13/07/2015

 

d ana 03.jpg



Sábado, 11 de Julho de 2015
ateliermob, às 09:49 | comentar :: comment | 2015.07.11

d'ana 01 Fernando Silva Grade.jpg

 

(imagem da página de facebook de Fernando Silva Grade


Nos últimos dias esta carta do colega José Veloso sobre a destruição da Praia de Dona Ana em Lagos teve mais de 42.000 visualizações. Entretanto chega-nos a informação que, em Maio na Assembleia da República, foi chumbada uma iniciativa parlamentar do PCP - Projeto de Resolução n.º 1496/XII/4.ª - para que a obra fosse suspensa.
A ver, ainda, a reportagem do jornal Público realizada em Abril, as notícias recentes da TVI24 e Observador e o contrato da empreitada.
Continuaremos a acompanhar este caso.



Sexta-feira, 10 de Julho de 2015
ateliermob, às 07:18 | comentar :: comment | 2015.07.10

[PT] Ontem foram dadas as primeiras vinte e quatro licenças de utilização das casas do bairro da Prodac Norte em Marvila, Lisboa. 
Construídas pelos seus moradores na década de 70, ainda antes do 25 de Abril, e depois de mais de quarenta anos de luta e resistência, os moradores viram reconhecido o direito à titulariedade da casa que construiram com as suas próprias mãos. 
O ateliermob iniciou o trabalho de legalização em 2011. Estes são aqueles momentos em que sentimos que a nossa profissão faz mais sentido e não podiamos estar mais contentes de ter participado neste processo difícil que vai chegando a bom porto.
Neste caminho cumpre-nos destacar a resistência e paciência dos moradores do bairro, a sua incansável Associação de Moradores, o apoio e solidariedade de vários colegas e funcionários do município de Lisboa que sempre estiveram disponíveis para nos ajudar e de todo o executivo municipal da Câmara Municipal de Lisboa. Como referiu na sua intervenção a Sra. Vereadora Paula Cristina Marques, citando Zeca Afonso, "juntos seremos muitos, juntos seremos alguém".

 

_IMG_5530.jpg

  

_IMG_5539.jpg

imagem CML 02 
Imagem CML

 

imagem CML 01

Imagem CML

 

 

 

 

 


tags: ,

Quinta-feira, 9 de Julho de 2015
ateliermob, às 16:09 | comentar :: comment | 2015.07.09

[ENG] Decided after a participatory process and being constructed by the neighboors, here you have the first pictures from the concrete truck day

11716126_10152762338972134_1869455984_n.jpg

 

 

11716062_10152762338222134_1894604182_n.jpg

 

 

11716010_10152762338552134_1806900056_n.jpg

 

 

 

11721255_10152762338792134_1977440595_n.jpg

 

 

Com:

Associação de Moradores do Bairro Vale Fundão em Marvila (PRODAC SUL)

  

 

Apoios: 

  

 

 


tags: , ,

Quarta-feira, 8 de Julho de 2015
ateliermob, às 18:27 | comentar :: comment | 2015.07.08

Logo-MA.png

 

[website]

 



Terça-feira, 7 de Julho de 2015
ateliermob, às 09:08 | comentar :: comment | ver comentários (3) | 2015.07.07

 

 

 

d´ana hoje.jpg

 

[PT] Chegou-nos este texto do nosso colega José Veloso com um pedido de divulgação. A primeira fotografia vinha anexa ao texto, a segunda circula nas redes sociais.

A Baía de Lagos sempre foi uma maravilha. Para quem anda no mar, dele tirando o sustento, dele buscando refugio, ou nele encontrando prazeres. No centro, estende-se o areal da Meia Praia, livre e aberto. No lado ocidental, a Costa d´Oiro, desde Lagos até à Ponta da Piedade, encanta pela beleza natural.
Um dia, desconhecem-se os antecedentes e os motivos, alguém, ministerial, decidiu melhorar a Costa d´Oiro. Olhou, e viu a praia da D´Ana. Uma estreita faixa de areia encostada ao recatado fundo dum recesso das falésias e por elas enquadrada, uma pequena jóia ambiental e paisagística, delicado fruto da acção da natureza, respeitada e admirada como o ex-libris orgulho de Lagos.
Por todo o mundo, os conhecedores chamavam à praia da D´Ana uma das mais belas, senão mesmo a mais bela, praia do mundo, de Portugal certamente. Poetas, jornalistas, artistas plásticos, escritores, sentiam-se seduzidos, espelhavam o seu encantamento em expressões imorredoiras, fotógrafos de apurada sensibilidade divulgavam enquadramentos deslumbrantes.
No entanto, o acesso, maltratado pela indiferença e incúria, está por lanços de escada provisória de madeira, atravessando as ruínas e o abandono dos restos de demolições, o troço de falésia junto exigia tratamento da erosão causada pelas chuvas, um cano supostamente destinado a excesso de águas pluviais, acontecia despejar esgoto mal cheiroso.
Mas corrigir isto, não está previsto na obra em curso. São quase 2 milhões de euros e o areal vai ser alargado à grande, com mais 40 metros, vai subir 4 metros, vai ficar muito, muito, melhor. Vão caber largos montes de turistas e banhistas, vão caber 3 concessões balneares, vão caber filas repetidas de toldos de preferência com ar tropical, abrigando perfeitos alinhamentos de cadeiras de plástico de estender, vai ser uma praia moderníssima, de 5 ou mais estrelas. Vai passar a ser tal e qual como a mais banal praia do mais indiferente local das mais vulgares revistas interessadas em viagens turísticas tipo pacote tudo pago. Outros olhos dirão que vai ser a estúpida pedra falsa, no colar de pérolas autenticas da Costa d’ Oiro.
Ter-se-ia esperado que as autarquias locais, tomando conhecimento da intenção de levar a cabo esta, como facilmente se imagina, inteligentíssima, oportuníssima e utilíssima obra, teriam movido céus e terra, acompanhando as manifestações populares, para esclarecer a insensatez e orientar aquela verba para a necessária beneficiação dos acessos e envolventes.
Mas não. A Câmara Municipal, pela voz da impositiva maioria absoluta PS, dá o aval. Dá o indecoroso espectáculo da atitude primária de concordar sem apresentar fundamentação cultural, técnica e socialmente sustentada, face à expressão de válidas opiniões e argumentações contrárias.
Prefere dizer adeus à praia da D`Ana, tesouro público que herdou e vê destruir.

José Veloso (Julho 2015)

 

11060248_819888884772896_576290932078904944_o.jpg

 



Quinta-feira, 2 de Julho de 2015
ateliermob, às 12:02 | comentar :: comment | 2015.07.02

_DAN20150617_4725.jpg

 

_DAN20150618_4795.jpg

 

_DAN20150618_4764.jpg

 

_DAN20150618_4768.jpg

 

Com:

Associação de Moradores do Bairro Vale Fundão em Marvila (PRODAC SUL)

  

 

Apoios: 

  

 

 


tags: , ,

Sexta-feira, 26 de Junho de 2015
ateliermob, às 16:06 | comentar :: comment | 2015.06.26

 

Second day of preparation for Marvila Workshop! With ateliermob, DepArquitectura [ecati/ulht] and Xerém-------Segundo...

Posted by Projecto Warehouse on Friday, 26 June 2015

tags:

Terça-feira, 23 de Junho de 2015
ateliermob, às 08:18 | comentar :: comment | 2015.06.23

_IMG_5310.jpg

 

_IMG_5336.jpg

 

_IMG_5359.jpg

 

_IMG_5395.jpg

 

_IMG_5418.jpg

[cast website]

 


tags:

Segunda-feira, 22 de Junho de 2015
ateliermob, às 08:28 | comentar :: comment | 2015.06.22

Diário da República, 2.ª série — N.º 118 — 19 de junho de 2015

 

[PT] Foi um longo processo desde o concurso ganho em 2010 até à sua publicação. Um trabalho fantástico entre várias pessoas do ateliermob, especialidades, técnicos de autarquia e de diferentes entidades com um momento extraordinário numa conferência de serviços na CCDR de Beja - que não terá durado mais de quinze minutos - no qual obteve o parecer favorável de todas as entidades.

 

_IMG_3094.jpg

(imagem de maqueta de 2012 - não é a versão final do Plano)

 

 

Ficha Técnica

Projecto: Plano de Pormenor da Unidade de Planeamento 4 da Amareleja
Localização: Amareleja, Moura

Área: 9,9 ha

Ano do projecto: 2010-2015
Promotor: Câmara Municipal de Moura

 

Coordenação, Arquitectura e Desenho Urbano
ATELIERMOB - Arquitectura, Design e Urbanismo, lda.
Andreia Salavessa
Tiago Mota Saraiva
Vera João (coord.)
Carine Pimenta (coord.)
Artemis Sierra
Bianca Barducci
Carlotta Bonvicini
Elisa Ioime
Federico Melandri
Joana Bastos
João Torres
Otis Sloan Brittain
Paola Corradi
Rita Aguiar Rodrigues
Sara Campagna

 

Paisagismo
PERSPECTIVAS
Viviana Rodrigues

 

Infraestruturas Víárias
ENGIMIND
Pedro Reis

 

Rede de Abastecimento e Distribuição de Água, incluindo Rede de Incêndio
BETAR
Andreia Cardoso

 

Rede de Drenagem de Águas Residuais Domésticas e Pluviais
BETAR
Andreia Cardoso

 

Rede de Abastecimento e Distribuição de Gás
Victor Correia

 

Infraestruturas de Electricidade
João Pedro Osório

Infraestruturas de Telecomunicações
Marco Pimentel

 

Estudo do Ruído
CERTIPROJECTO
Fernando Palma Ruivo

 

Consultadoria Direito
Dulce Lopes

 

 


tags:

Segunda-feira, 15 de Junho de 2015
ateliermob, às 08:34 | comentar :: comment | 2015.06.15

brochure_MT seminario 19-1-1.jpg

 

 

19.06.2015 Matera

20.06.2015 Potenza



Sexta-feira, 12 de Junho de 2015
ateliermob, às 07:34 | comentar :: comment | 2015.06.12

_IMG_0305.jpg

 

[ENG] From the 29th of June, with a group of students of architecture from Universidade Lusófona led by Projecto Warehouse, our project of a new public space for this incredible plot will start to be constructed.

 

 

Com:

xerem_logo.jpg  ateneu.jpg

 

 

  

Apoios: 

 


tags:

ateliermob - arquitectura, design e urbanismo lda.
[PT]
Plataforma multidisciplinar de desenvolvimento de ideias, investigação e projectos nas áreas da arquitectura, design e urbanismo. É assim que tudo costuma começar. A partir daí trabalha-se tudo o resto. Só é impossível o que não entusiasma, o que não é criativo, o que nos afasta das pessoas.
[saber mais]

[ENG]
Ateliermob is a multidisciplinary platform which develops projects, ideas and research within architecture, design and urbanism. This is the way it usually starts. From this point, everything is worked out. The impossible is to work on the unexciting, on the uncreative, on what diverges from people needs.
[+ info]
International internship program at ateliermob
subscrever | subscribe

email para actualizações :: email for updates
By Feedburner

ligações :: links
ateliermob: What ever happened?


+ videos
Tanto Mar


+ info