blogue do mês :: blog of the month
publicidade :: ads

subscrever feeds

|
pub | ads



tags

todas as tags

arquivos :: archives

Julho 2016

Junho 2016

Maio 2016

Abril 2016

Março 2016

Fevereiro 2016

Janeiro 2016

Dezembro 2015

Novembro 2015

Outubro 2015

Setembro 2015

Agosto 2015

Julho 2015

Junho 2015

Maio 2015

Abril 2015

Março 2015

Fevereiro 2015

Janeiro 2015

Dezembro 2014

Novembro 2014

Outubro 2014

Setembro 2014

Agosto 2014

Julho 2014

Junho 2014

Maio 2014

Abril 2014

Março 2014

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Dezembro 2013

Novembro 2013

Outubro 2013

Setembro 2013

Agosto 2013

Julho 2013

Junho 2013

Maio 2013

Abril 2013

Março 2013

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

Fevereiro 2006

Janeiro 2006

Outubro 2005

ajudas | support
Site Meter



Terça-feira, 19 de Julho de 2016
ateliermob, às 07:43 | comentar :: comment | 2016.07.19

003.jpg

 

 

[+ info]

[program]

 

 



Segunda-feira, 18 de Julho de 2016
ateliermob, às 12:18 | comentar :: comment | 2016.07.18

 

 

habitar_tomar.jpg

 

 

Os acontecimentos que têm assombrado a Europa pela confrontação a que a obrigam com a sua lógica e os seus valores chegam a Portugal. 

A violência das imagens que vemos de refugiados a chegar a uma Europa que se definiu a si mesma como um espaço natural de acolhimento e de inclusão faz-nos reflectir sobre o nosso papel como cidadãos e sobre a acção específica dos arquitectos.
Da arquitectura e do seu papel como corpo capaz de integrar em si, na sua disciplina, questões e temas que implicam todos. Inclusão parece-nos ser um tema positivo, ou seja, um tema que surge naturalmente e que decorre da prossecução natural da vida em comunidade. Na realidade, inclusão surge como um tema reactivo, como uma resposta a manifestações de exclusão.

Este será um primeiro tema para o debate, preocupamo-nos com a necessidade de incluir porque nos confrontamos com a exclusão.

O Conjunto Habitacional de Penela, obra que aqui se apresenta pela circunstância de pertencer a uma proximidade geográfica com Tomar, traz-nos a escala e a amplitude destas questões que nos parecem próximas na nossa coexistência mediática com o mundo em que vivemos, neste caso o problema específico dos refugiados sírios, mas traz-nos de volta aos nossos problemas quotidianos como o é a integração das comunidades ciganas no espaço alargado de que todos fazemos parte mesmo que não participem do mediatismo da informação com que nos confrontamos diariamente.
Acontece reconhecermos um problema que existe à frente dos nossos olhos quando o localizamos pela mira dos media. Muitas vezes viver e fazer reconhecer um problema passa por mantê-lo vivo, à luz, longe da obscuridade, do esquecimento.

Boa parte da arquitectura do século XX emerge como resposta às condições de vida de um mundo em processo de industrialização e muitas das respostas então estabelecidas são ainda presentes. As décadas de 1960 e 70 construíram espaços de confluência entre a arquitectura e a sociologia que permanecem actuais e formaram muita da consciência social que tem hoje espaços activos nas discussões que se estabelecem sobre o papel social que a arquitectura tem ou pode vir a ter na vida que todos compartilhamos. A arquitectura manifesta, pelos programas que lhe dão origem e pelas respostas que propõe, um espaço de reflexão sobre a sua participação nos processos de construção das formas e dos espaços em que vivemos.
O segundo tema de discussão que propomos é precisamente sobre esse papel. No espaço de tempo que corresponde a esta edição do Habitar Portugal, 2012-2014, que coincidiu com a intervenção da troika em Portugal, qual é o estado desse espaço de reflexão? Como se manifestou na arquitectura que por aqui se pratica? Que formas, processos, intenções traz a arquitectura para um espaço mais alargado de discussão?

E a arquitectura, ela própria, como fica?

 


Oradores
Tiago Mota Saraiva (arquitecto, ateliermob)
José António Pinto / Chalana (assistente social, Bairro do Lagarteiro do Porto)
Manuela Mendes (socióloga, CIES / FAUTL)
João Boto Caeiro (arquitecto, rootstudio (MEX))

 

Moderação
Comissariado
HP12–14



ateliermob, às 07:42 | comentar :: comment | 2016.07.18

urban breakfast.jpg

 

 

Programa Urban Breakfast Lisboa | 18 de julho
9:00 Receção dos participantes e café de boas-vindas

09:30 Abertura
Basílio Horta, Presidente do Conselho Metropolitano de Lisboa
João Pedro Matos Fernandes, Ministro do Ambiente

10:00 Habitat III: Conferência Habitação e Desenvolvimento Urbano Sustentável
Ana Moreno, Alto Representante do Secretariado ONU-Habitat III

10:15 Habitat III: Relatório Nacional Portugal
Cristina Cavaco, Subdiretora‐Geral do Território

10:30 Painel de Discussão
Moderador: Luísa Schmidt, Jornal Expresso e Instituto de Ciências Sociais
Panel de oradores:
- Hernâni Hélio Jorge, Diretor Regional do Ambiente dos Açores (a confirmar)
- Helena Roseta, Presidente da Assembleia Municipal de Lisboa
- João Ferrão, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
- Paulo Correia, Associação dos Urbanistas Portugueses
- Tiago Mota Saraiva, ateliermob

11:45 Debate Aberto

12:20 Encerramento
Demétrio Alves, Primeiro Secretário da Comissão Executiva Metropolitana de Lisboa
Rui Amaro Alves, Diretor-Geral do Território

12:40 Urban Brunch

 

[+ info]



Sexta-feira, 15 de Julho de 2016
ateliermob, às 09:33 | comentar :: comment | 2016.07.15

arquine 01.jpg

 

 

arquine 02.jpg

 

 

arquine 03.jpg

 


Projects of Toshiko Mori Architects, Tatiana Bilbao ESTUDIO, Rural Studio, ELEMENTAL, Sebastián Irarrázaval, AGA estudio creativo + PICO Proyecto de Interés Comunal | Toyo Ito & Associates, Architects + Klein Dytham architecture | Zhaoyang Architects | Rogers Stirk Harbour + Partners | Warehouse + ateliermob

 

 

 

[+ info]

 

 

 



Quinta-feira, 14 de Julho de 2016
ateliermob, às 10:30 | comentar :: comment | 2016.07.14

amareleja.jpg

 


tags:

Quinta-feira, 7 de Julho de 2016
ateliermob, às 10:34 | comentar :: comment | 2016.07.07

Concerto Rodrigo Amado no anfiteatro de Rio de Moinhos from ateliermob on Vimeo

 

Agradecimento ao Ricardo Morais (colectivo warehouse) por ter registado este momento de utilização do anfiteatro inaugurado em 2012

 

 

 


tags:

Terça-feira, 28 de Junho de 2016
ateliermob, às 08:29 | comentar :: comment | 2016.06.28

IMG_7933.jpg

 

 

IMG_7934.jpg

 

 

IMG_7935.jpg

 

 

IMG_7936.jpg

 

 

IMG_7937.jpg

 

"Colectivos de artistas, designers e arquitectos estão a envolver-se em projectos de intervenção social que recuperam os princípios fundamentais da democracia."

"Juntos podemos aprender a pescar", artigo de Bárbara Coutinho na revista XXI Ter Opinião nº 7 - Junho/Dezembro de 2016 

 



Segunda-feira, 27 de Junho de 2016
ateliermob, às 09:15 | comentar :: comment | 2016.06.27

autonoma.jpg

 

 

[here]

 

 

 



Terça-feira, 21 de Junho de 2016
ateliermob, às 18:58 | comentar :: comment | 2016.06.21

670_archi02.jpg

 

 

 

[+ info]

 



Segunda-feira, 20 de Junho de 2016
ateliermob, às 09:25 | comentar :: comment | 2016.06.20

IMG_0920-1.JPG

 


tags:

Sexta-feira, 10 de Junho de 2016
ateliermob, às 16:08 | comentar :: comment | 2016.06.10

_IMG_7753.jpg 


[PT]
Inaugurou hoje a Estação de Canoagem de Alvega, sob gestão da Casa do Povo de Alvega, e a presença, entre outros, da Sra. Secretária de Estado do Turismo Ana Mendes Godinho, Sra. Presidente da Câmara Municipal de Abrantes Maria do Céu Albuquerque e Sr. Presidente da União das Freguesias de Alvega e Concavada José Felício.


[trabalho fotográfico de Francisco Nogueira sobre este projecto]

 

Hoje:

_IMG_7755.jpg

 

_IMG_7758.jpg

 

_IMG_7761.jpg

 

_IMG_7764.jpg

 

_IMG_7780.jpg

 

_IMG_7782.jpg

 

_IMG_7786.jpg

 

_IMG_7746.jpg

 

 

 


tags:

Quinta-feira, 9 de Junho de 2016
ateliermob, às 16:56 | comentar :: comment | 2016.06.09

[PT] O ateliermob desenvolve actividade no campo da arquitectura, design e urbanismo em regime permanente desde 2005. A partir de 2010, com o agravar da crise financeira e das condições de vida da esmagadora maioria das pessoas, reposicionou a sua prática profissional no apoio a diferentes comunidades que não tinham (e na sua maioria nunca tiveram) condições para contratar arquitectos. A ideia, Working with the 99% [Trabalhar com os 99%], foi premiada no concurso o Prémio “Future Cities” que decorreu durante a 13ª Bienal de Arquitectura de Veneza (2012).Seis anos passados, com muito trabalho realizado mas com cada vez mais por fazer, chegou a hora de formalizar a sua prática. Desde Maio de 2016 também somos uma cooperativa sem fins lucrativos: Trabalhar com os 99% Crl.
O espectro do nosso trabalho aumenta e a nossa vontade de construir outros processos ganha um novo fôlego. As associações de moradores, outras cooperativas e instituições sem fins lucrativos podem-se associar a esta cooperativa de prestação de serviços de arquitectura, design e urbanismo para usufruir dos seus serviços.
Mas esta cooperativa também será o espaço ideal para um trabalho de outra dimensão que urge reivindicar: o planeamento estratégico, a assessoria de processos participativos e democráticos, o trabalho legislativo ou a participação em redes europeias e mundiais.
Com esta nova cooperativa sentimos que temos um novo instrumento formal para continuar e fazer crescer o nosso trabalho.

 

[ENG] Since 2005 ateliermob has developed its activity in the field of architecture, design and urbanism. From 2010, with the financial crisis and the abrupt lack of conditions of the overwhelming majority of people, it positioned its practices on supporting different communities that had no conditions (or never had) to hire an architect.
The idea, “Working with the 99%” was awarded with the Future Cities Prize during the 13th Venice Architecture Biennal (2012).
Six years after, with a lot of built work but with much more to do, it was time to formalise its practice. Since May 2016 we are also a non-profit cooperative: Trabalhar com os 99% Crl [Working with the 99%].
The scope of our work has enlarged and our will to build innovative processes has gained a new life. Neighbourhood associations, other co-op's and non-profit institutions may associate to our architecture, design and urbanism services' cooperative to take advantage of our services.
But Trabalhar com os 99% Crl will also be the ideal space to work in other dimensions such as strategic and design planning, participatory and democratic processes consultancy, legal production framework and participation in European and Worldwide networks.
With this new cooperative we feel that we have a new tool to continue and grow our work in the field.



 

ateliermob + TC99%.jpg

 

 



Quarta-feira, 8 de Junho de 2016
ateliermob, às 17:15 | comentar :: comment | 2016.06.08

inauguração alvega

 

[notícia


tags:

Sexta-feira, 3 de Junho de 2016
ateliermob, às 08:18 | comentar :: comment | 2016.06.03

Screenshot 2016-06-03 08.20.55.png

 

O direito à cidade
SEGUNDA-FEIRA, 6 JUNHO


9.30h-11.00h | Espaço da Penha
§1 Seminário
Cidades contestadas, cidades imaginadas
conversa com Michael Janoschka

PAUSA

11.15h-13.15h | Espaço da Penha
Oficina #1 – COMO RECLAMAR A CIDADE?
Geografias críticas construindo o comum
Debate refletindo criticamente sobre o modo como o espaço público se torna lugar de privatização e de negócio ou de apertada vigilância ou como o direito a habitar a cidade se hierarquiza e gentrifica no quadro da globalização de uma lógica urbanística neoliberal. Pensar a cidade como locus de relações de poder desiguais (em que ao aparelho de Estado ou aos interesses económicos cabe a parcela hegemónica), mas ainda a possibilidade de pensar a sua transformação e reformulação através de novas formas de participação e representação e de pensar e agir sobre o comum (e até sobre o privado).

Alexandra Paio (arquitecta, Dep. Arquitetura ISCTE-IUL/ISTAR)
Andrea Pavoni (estudos de media, Dinâmia/ISCTE)
Guilhermo Aderaldo (antropólogo, GEAC – USP)
Laura Burocco (estudos urbanos, ECO/UFRJ e LabTec, Brasil/Itália)
Melissa García Lamarca (geógrafa, Univ. Manchester)
Nadia Bertolino (arquitecta, Univ. Sheffield School of Architecture)
Nilton Santos (antropólogo, UFF, Brasil)
Paulo Raposo (antropólogo, CRIA-IUL)
Tiago Mota Saraiva (arquitecto, ateliermob)

[+ info]



Quarta-feira, 25 de Maio de 2016
ateliermob, às 09:24 | comentar :: comment | 2016.05.25

Screenshot 2016-05-25 09.39.58.png

 

30/05/2016 Amsterdam

at FabCity

 

We Make Europe - Cities and City Makers enhancing the (Im)Pact of Amsterdam

 

On May 30, the Ministers of the 28 EU member states sign the Pact of Amsterdam to agree upon the Urban Agenda for the EU. How can cities and City Makers contribute to addressing the challenges the Urban Agenda for the EU means to tackle? And how can we enhance the collaboration between public authorities and engaged citizens, to enhance the social innovation in our cities today?

As part of the New Europe City Makers Summit, URBACT, Eutropian, Agora Europe and Pakhuis de Zwijger jointly organise, in cooperation with the European Committee of the Regions the unique dialogue We Make Europe: Cities and City Makers enhancing the (Im)Pact of Amsterdam at FabCity. In a dialogue City Makers, city officials and political representatives will explore the role of cities and civil society actors in effectively addressing the pressing urban challenges of today.

The event aims at creating a dialogue between Cities and City Makers to enrich the ongoing work of the Urban Agenda for the EU Partnerships with experience “from the ground”. Namely the discussion with focus on the ongoing Partnerships on Affordable Housing, Refugees and Migrant Inclusion, Urban Poverty and Air Quality. The expected impact of such event is to create an ongoing dialogue between City Administrations, City Makers with the EU Urban Agenda Partnerships and European institutions in order to guarantee a richer variety of inputs into the policy elaboration.

 

Ateliermob will be debating "Urban Poverty" with Amalia Zepou - Athens Municipality City Council vice mayor for civil society and municipality decentralization

 

[+ info]

 

 

///////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////////

 

 

Banner_fb_Rotterdam.jpg

 

28/05/2016 Rotterdam

at International Architecture Biennale Rotterdam 2016 – THE NEXT ECONOMY

 

Funding the Cooperative City, organized by Eutropian

 

How do City Makers access and develop spaces in various European regions? What is their relationship with public administrations and private financial actors? What are the legal frameworks, organisational formats and economic models they employ? How do they access capital for their development projects? What are the regional differences in how civic economy and community-led urban development are unfolding in Europe?
Funding the Cooperative City explores experiments in community-led real estate development in European cities. The event in the framework of the International Architecture Biennale of Rotterdam and the New Europe City Makers Summit brings together protagonists from Lisbon, Berlin, Belgrade, Rome, Budapest and from various Dutch cities to exchange experiences of property development based on community-driven initiatives, civic economic models and cooperative ownership.

 

Participants:
Jeroen Laven (Stipo, Rotterdam)
Tiago Mota Saraiva (Ateliermob, Lisbon)
Marc Neelen (Ko gradi grad, Belgrade)
Annet van Otterloo (Afrikaanderwijk Cooperative, Rotterdam)
Martine Zoeteman (De Besturing, The Hague)

 

Respondents:
Timothy Duin (welovethecity, Rotterdam) (TBC)
Christian Grauvogel (Ex-Mörchenpark / Holzmarkt, Berlin)
Piet Vollaard (City in the Making, Rotterdam)

 

[+ info]

 



ateliermob - arquitectura, design e urbanismo lda.
[PT]
Plataforma multidisciplinar de desenvolvimento de ideias, investigação e projectos nas áreas da arquitectura, design e urbanismo. É assim que tudo costuma começar. A partir daí trabalha-se tudo o resto. Só é impossível o que não entusiasma, o que não é criativo, o que nos afasta das pessoas.
[saber mais]

[ENG]
Ateliermob is a multidisciplinary platform which develops projects, ideas and research within architecture, design and urbanism. This is the way it usually starts. From this point, everything is worked out. The impossible is to work on the unexciting, on the uncreative, on what diverges from people needs.
[+ info]
ateliermob @ facebook
International internship program at ateliermob
ligações :: links
ateliermob: What ever happened?


+ videos
Tanto Mar


+ info
subscrever | subscribe

email para actualizações :: email for updates
By Feedburner